Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Apresentação
Início do conteúdo da página

Apresentação

Publicado: Terça, 19 de Dezembro de 2023, 17h42 | Última atualização em Terça, 19 de Dezembro de 2023, 18h30 | Acessos: 138

A Ufra

A Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), como sucessora da Faculdade de Ciências Agrárias do Pará (FCAP), é a mais antiga Instituição de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica na área de Ciências Agrárias da região e tem como grande preocupação a preservação da Região Amazônica, assim como sua exploração racional.

O projeto Amapá

O projeto “Treinamento e Capacitação de Recursos Humanos nas Comunidades Urbanas e Rurais, no estado do Amapá”, Projeto Amapá, é coordenado pelo professor Paulo Farias e capitaneado pela reitora Herdjania Veras de Lima, da Ufra. Foi lançado em 2019 e tem como objetivo capacitar recursos humanos no estado do Amapá e auxiliar no desenvolvimento da região. É vinculado ao Instituto Socioambiental e dos Recursos Hídricos da Ufra (Isarh), em parceria com a UEAP, Unifap, CREA-AP, CAU-AP, a Superintendência Federal de Agricultura, SEBRAE e gestão financeira da Fundação de Apoio à Pesquisa (Funape). O projeto se propõe a capacitar e qualificar profissionais do setor agropecuário, ambiental e comunidades periféricas do estado do Amapá, em diferentes áreas do conhecimento, para impulsionar o desenvolvimento local e regional.

Especialização em Arquitetura da Paisagem

A Especialização em Arquitetura da Paisagem foi criada para atender a demanda de formação profissional das áreas do planejamento da paisagem atuantes no Estado do Amapá através do Projeto Amapá. O curso possui como princípio ser inclusivo e fornecer excelência na produção e difusão de conhecimentos técnicos, científicos e sociais, além de contribuir para o desenvolvimento econômico local e de seu entorno imediato.

O Amapá está em localização estratégica no extremo norte do país, sendo vizinho ao estado do Pará e possuindo fronteira com a Guiana Francesa. Sua paisagem mantém a biodiversidade, história e tradições culturais. É o estado amazônico com maior cobertura florestal mais bem preservada do País. O Amapá possui como característica o respeito à natureza e suas populações tradicionais, e o grande desafio de aliar a preservação ao crescimento econômico. A especialização qualificará profissionais na área de arquitetura da paisagem compromissados com maior valorização da arquitetura da paisagem urbana, maior conexão da sociedade com a natureza, maior bem-estar físico e mental, melhores espaços livres de lazer, meditação e recreação mediante a harmonia de uma paisagem bela e equilibrada.

O curso de Especialização em Arquitetura da Paisagem da Ufra tem como missão formar profissionais aptos a atuar no mercado com especificidade voltada para o contexto regional, a identificar as complexas necessidades da sociedade contemporânea, a conhecer as respostas específicas para a formulação de planos e projetos para a organização das aglomerações e povoação do território, a inovar em relação a matérias de interesse público e social que requeiram preservação da natureza, intervenção nos espaços e desenvolvimento humano na utilização dos objetos e sistemas urbanos e ambientais aplicáveis a atuação do arquiteto da paisagem. A dimensão humanista da formação desse Arquiteto e Urbanista, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Florestal e Biólogo especialista em Arquitetura da Paisagem deve prepará-los para atuar profissionalmente nesse campo, e afins, desenvolvendo suas capacitações para criar, inovar e inventar propostas e alternativas às soluções vividas no presente a fim de proporcionar a sociedade bem-estar.

Objetivos

  1. Especializar profissionais para atuar na área de arquitetura da paisagem, no planejamento, coordenação, gerenciamento e execução das atividades, atentando-se aos princípios de qualidade dos espaços e da gestão sustentável;

  2. Capacitar profissionais com nível acadêmico superior no campo de conhecimento do planejamento da paisagem, design arquitetônico e urbanístico, botânica e ecologia, sustentabilidade ambiental; e

  3. Contribuir para consolidação do desenvolvimento sustentável local e regional.

Público-alvo

Profissionais graduados portadores de diploma em Arquitetura e Urbanismo, Agronomia, Biologia e de outras áreas reconhecido pelo MEC.

O curso tem como forma de acesso a seleção, para o preenchimento das vagas, por chamada pública via edital de seleção no qual constarão os devidos requisitos e critérios necessários para os ingressantes.

registrado em:
Fim do conteúdo da página